Brasil

Corpo de Bombeiros do RN alerta para aumento de casos de incêndio

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) divulgou os dados estatísticos referente a incêndios em vegetação em solo potiguar. Em tom de alerta, a corporação afirmou que atendeu 1.374 ocorrências de incêndio em vegetação entre janeiro e outubro de 2023. O número é 32,2% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram atendidas 1.039 ocorrências. Ou seja, praticamente 5 atendimento por dia em 2023.

As cidades que mais registraram ocorrências desse tipo foram Mossoró (362), Natal (223), Caicó (124), e Parnamirim (107), respectivamente. De acordo com o tenente-coronel Roberto Oliveira, coordenador da Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA), houve aumento percentual de 79,7% em relação ao mês de outubro para setembro do mesmo ano.

“As ondas de calor e os ventos fortes colaboram para esse crescente de incêndios. No entanto, o maior causador continua sendo o ser humano ao realizar fogueiras, descartar lixos em rodovias e fazer queimadas ilegais em terrenos”, afirmou.

Detalhes sobre os casos de incêndio no RN

O Tenente-Coronel Roberto Oliveira destacou ao N10 que, caso o cidadão se depare com um incêndio em residência, ele deve de imediato se afastar, tentar isolar o local e acionar os bombeiros. “Já que não se sabe o que há dentro da residência e qual a atual situação do fogo“. Além disso, Oliveira pontuou que em situação de incêndio em rodovia o condutor deve evitar trafegar pelo local, pois os ventos podem fazer com que as chamas se aproximem do veículo e causem um dano ainda maior.

Perguntado pelo portal N10 sobre como a corporação está se preparando para os meses de novembro e dezembro, que poderão ser mais quentes diante da aproximação do início do verão, o tenente-coronel falou sobre uma nova operação juntamente com alguns reforços.

“Para tentar controlar esse tipo de incêndio o comando operacional da corporação deflagrou a Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA) e reforçou os quartéis com quase um milhão de reais em diárias operacionais, novos equipamentos e viaturas que serão empregadas, exclusivamente, no combate a incêndios florestais no Estado”, afirmou.

Para finalizar, entre os cuidados que a população deve tomar para evitar que possam contribuir com a criação de focos de incêndio, Roberto Oliveira apontou algumas dicas:

  • Não lançar pontas de cigarro pela janela do veículo
  • Não fazer fogueiras
  • Não realizar limpezas de terrenos utilizando o fogo
  • Não soltar fogos de artifício próximo a vegetação seca


Descubra mais sobre N10 Notícias

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo