Saúde
Tendência

Farmácia Popular terá remédios gratuitos contra Parkinson, glaucoma e rinite

Antes, esses remédios estavam disponíveis com um subsídio parcial, onde o governo pagava até 90% do valor. Agora, ele será totalmente gratuito; confira lista completa.

O Ministério da Saúde anunciou uma ampliação significativa no programa Farmácia Popular, que agora inclui a distribuição gratuita de dez novos medicamentos para o tratamento de Parkinson, colesterol alto, glaucoma e rinite. A medida, que entra em vigor nesta quarta-feira (10), visa beneficiar cerca de 3 milhões de brasileiros, proporcionando uma economia média de até R$ 400 por ano por usuário.

A inclusão desses novos medicamentos gratuitos no programa representa um avanço importante na política de saúde pública do Brasil. Segundo a pasta, “essa medida aumenta o acesso aos tratamentos essenciais e alivia o peso financeiro para os pacientes que dependem desses medicamentos“.

Antes, esses remédios estavam disponíveis com um subsídio parcial, onde o governo pagava até 90% do valor, e o restante era custeado pelo paciente. Agora, 39 dos 41 itens oferecidos pelo programa são completamente gratuitos.

Medicamentos agora gratuitos

Confira a lista dos novos medicamentos gratuitos incluídos no Farmácia Popular:

  • Colesterol alto: sinvastatina 10mg, sinvastatina 20mg, sinvastatina 40mg
  • Doença de Parkinson: carbidopa 25mg + levodopa 250mg, cloridrato de benserazida 25mg + levodopa 100mg
  • Glaucoma: maleato de timolol 2,5mg, maleato de timolol 5mg
  • Rinite: budesonida 32mcg, budesonida 50mcg, dipropionato de beclometasona 50mcg/dose

A lista completa de medicamentos pode ser acessada através do site do Ministério da Saúde.

Como ter direito aos medicamentos gratuitos

Para ter acesso aos medicamentos gratuitos, os pacientes devem se dirigir a uma farmácia ou drogaria credenciada pelo programa, identificada pelo selo “Aqui tem Farmácia Popular“. É necessário apresentar um documento oficial de identidade com foto e número do CPF, além de uma receita médica válida, que pode ser emitida por profissionais do SUS ou médicos particulares. O Ministério da Saúde enfatiza que a receita deve estar dentro do prazo de validade.

Distribuição de fraldas geriátricas

O programa também inclui a distribuição gratuita de fraldas geriátricas para pessoas com mais de 60 anos ou para aquelas com deficiência. Para retirar as fraldas, é necessário apresentar prescrição médica, laudo ou atestado que comprove a necessidade do uso.

Farmácia Popular

O Programa Farmácia Popular oferece atualmente 41 itens, incluindo medicamentos, fraldas e absorventes. Antes da implementação desta medida, apenas os medicamentos para diabetes, hipertensão, asma, osteoporose e anticoncepcionais eram totalmente gratuitos. Com a nova atualização, 95% dos medicamentos e insumos do programa podem ser retirados sem custo para a população, o que representa uma cobertura mais ampla e um acesso mais facilitado à saúde.

A disponibilização de medicamentos gratuitos é uma estratégia essencial para garantir que todos tenham acesso aos tratamentos necessários, contribuindo para a prevenção e controle de doenças em todo o país.


Descubra mais sobre N10 Notícias

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Rafael Nicácio

Estudante de Jornalismo, conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal (UFRN). Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, administra o Portal N10 e a página Dinastia Nerd. E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo