Política

Lula viaja ao Paraguai nesta 2ª feira para posse de Peña

Nesta segunda-feira (14) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) viaja para o Paraguai, onde participará da cerimônia de posse de Santiago Peña. O chefe paraguaio, de 44 anos, foi eleito em 30 de abril com 43% dos votos. O evento de posse será na terça-feira feira (15), em Assunção. No mesmo dia, Lula retornará ao Brasil.

O chefe do Executivo quer retomar a negociação para mudar o tratado sobre a venda de energia de Itaipu, hidrelétrica administrada pelos dois países. Atualmente, os brasileiros pagam o dobro do que os paraguaios pela energia produzida na usina. O tratado que formalizou a parceria completou 50 anos em abril de 2023.

Peña é do partido Colorado, de direita, e terá mandato de 5 anos. No fim de julho, ele foi recebido por Lula no Palácio da Alvorada. Na ocasião, debateram a atualização do tratado de Itaipu. O político paraguaio também esteve no país em maio deste ano. O Brasil é o principal parceiro comercial do Paraguai e maior destino das exportações paraguaias.

Ainda hoje o presidente terá um encontro privativo com o ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo, que liderou o Paraguai de 2008 a 2012. Lugo pertencia à Aliança Patriótica para a Mudança, coligação que reunia partidos de centro-esquerda. Depois de retornar ao Brasil, Lula deve continuar as negociações sobre a minirreforma ministerial. O petista ainda não bateu o martelo sobre órgãos deve ceder para PP e Republicanos. Os dois partidos querem o comando de um ministério, mas estatais também são debatidas.

Lula passará 38 dias fora do Brasil em 2023

Em seus oito meses de governo, o Paraguai será o 16º país a ser visitado por Lula e o 4º só na América Latina. O presidente, sairá de Brasília às 15h30 e chegará na capital Assunção às 16h50. Seu retorno ao Brasil será no dia seguinte, depois de comparecer à posse.

As viagens internacionais do presidente no 1º semestre de 2023 custaram ao menos R$ 24,8 milhões ao Itamaraty. Os valores foram obtidos via Lei de Acesso a Informação. Não inclui o translado aéreo, bancado pela FAB (Força Aérea Brasileira), cujos valores estão sob sigilo.

Contando com a viagem ao Paraguai, Lula terá passado 38 dias fora do país. O levantamento considera como 1 dia toda vez que o presidente passa mais de 12 horas fora do país –seja no dia do embarque ou desembarque.


Descubra mais sobre N10 Notícias

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo