Economia
Tendência

Petrobras aumenta preço da gasolina e do gás de cozinha

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de gasolina A da Petrobras para as distribuidoras.

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (8) um aumento nos preços da gasolina e do gás de cozinha (GLP) para as distribuidoras, com validade a partir desta terça-feira (9). O diesel permanece sem reajuste.

O aumento da gasolina é de 7,11% e o do gás de cozinha é de 9,6%.. De acordo com cálculos da Warren Investimentos, essa variação deve resultar em um aumento de 2,50% no preço na bomba para o consumidor final, impactando diretamente o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a medida oficial da inflação no país, ainda em julho.

Com o novo aumento, o litro da gasolina terá um acréscimo de R$ 0,20, totalizando R$ 3,01. Já o preço do botijão de 13kg de gás de cozinha subirá R$ 3,10, passando a custar R$ 34,70. O valor final que chega ao consumidor ainda vai depender de vários fatores.

Política de preços

Em maio de 2023, a Petrobras alterou sua política de preços, deixando de seguir a política de paridade internacional (PPI), que ajustava o valor dos combustíveis conforme as variações do dólar e das cotações do petróleo no mercado externo.

Desde então, a estatal informou que o preço da gasolina foi reduzido em R$ 0,17 para as distribuidoras. Contudo, os preços do GLP estavam estáveis desde julho de 2023, quando o botijão de 13kg passou a custar R$ 31,66.

Nota da Petrobras

A partir de amanhã, 09/07, a Petrobras ajustará seus preços de venda de gasolina A para as distribuidoras que passará a ser, em média, de R$ 3,01 por litro, um aumento de R$ 0,20 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para composição da gasolina C vendida nos postos, a parcela da Petrobras na composição do preço ao consumidor passará a ser de R$ 2,20 /litro, uma variação de R$ 0,15 a cada litro de gasolina C.

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de gasolina A da Petrobras para as distribuidoras. O último ajuste ocorreu em 21/10/2023, uma redução. E o último aumento ocorreu em 16/08/2023.

Desde a implementação da nova estratégia comercial, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em R$ 0,17 /litro.

Já para o GLP, a Petrobras ajustará seus preços de venda para as distribuidoras que passará a ser, em média, equivalente a R$ 34,70 por botijão de 13kg, um aumento equivalente a R$ 3,10.

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de GLP da Petrobras para as distribuidoras. Os últimos ajustes ocorreram em 17/05 e 01/07/2023, duas reduções. E o último aumento ocorreu em 11/03/2022.

Desde 31/12/2022, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em valor equivalente a R$ 7,34 /13kg.


Descubra mais sobre N10 Notícias

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

Rafael Nicácio

Estudante de Jornalismo, conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal (UFRN). Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, administra o Portal N10 e a página Dinastia Nerd. E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo