Brasil

Como saber se tem um celular pré-pago cadastrado no meu CPF?

Em um mundo cada vez mais conectado, os cibercriminosos estão sempre buscando maneiras de obter acesso indevido a informações pessoais. Infelizmente, um CPF nas mãos erradas pode resultar em diversos problemas, como a clonagem de chips de celular e linhas telefônicas registradas em seu nome sem o seu conhecimento.

Com o avanço dessa prática, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) tomou uma iniciativa para ajudar os cidadãos a identificar possíveis linhas pré-pagas vinculadas ao seu CPF.

Como a Anatel está enfrentando essa questão?

Algumas operadoras, como Algar, Claro, Sercomtel, TIM e Vivo, em colaboração com a Anatel, desenvolveram um mecanismo simples e rápido para você verificar se o seu CPF está associado a alguma linha pré-paga sem o seu consentimento.

Essa ação da Anatel é uma expansão de um projeto que teve início em 2019, cuja meta era atualizar o cadastro de linhas pré-pagas em todo o Brasil. O passo seguinte, em 2020, foi disponibilizar um portal onde os usuários poderiam verificar linhas associadas ao seu CPF.

Passo a passo para realizar a consulta

  1. Acesse o Portal: Vá para cadastropre.com.br/#consultation.
  2. Comece a Consulta: Na tela inicial, selecione “Consultar”.
  3. Digite seu CPF: Insira o número do seu CPF no campo fornecido e clique novamente em “Consultar”.
  4. Veja os Resultados: Se houver uma linha pré-paga vinculada ao seu CPF, você verá a relação das prestadoras. Se não, a mensagem informará que não há nenhuma linha pré-paga ativa no CPF consultado.
  5. Cheque Regularmente: Vale lembrar que as informações são atualizadas até 30 dias antes do dia da consulta.

E se eu encontrar uma irregularidade?

Primeiro, respire fundo. Se você identificar alguma linha que não reconhece, entre em contato com a prestadora correspondente. O portal oferece uma aba “Contatos Prestadoras“, facilitando o processo. Nela, você pode clicar no link da operadora específica e registrar uma reclamação, solicitando o cancelamento da linha.

De acordo com as diretrizes, o pedido de cancelamento deve ser atendido em até 24 horas se realizado por meio de um atendente e até 48 horas se feito via call center ou portal da prestadora sem intervenção humana.

Graças à Anatel e sua parceria com as prestadoras, é mais fácil do que nunca garantir que seu CPF não esteja sendo indevidamente utilizado. Proteja-se, mantenha-se informado e verifique regularmente para garantir sua paz de espírito.


Descubra mais sobre N10 Notícias

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Romário Nicácio

Administrador de redes, estudante de Ciências e Tecnologia (C&T) e Jornalismo, que também atua como redator de sites desde 2009. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento, com um amplo conhecimento em diversas áreas. Com uma vasta experiência em redação, já contribuí para diversos sites de temas variados, incluindo o Notícias da TV Brasileira (NTB) e o Blog Psafe. Sua paixão por tecnologia, ciência e jornalismo o levou a buscar conhecimentos nas áreas, com o objetivo de se tornar um profissional cada vez mais completo. Como co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento, tenho a oportunidade de explorar ainda mais minhas habilidades e se destacar no mercado, como um profissional dedicado e comprometido com a entrega de conteúdo de qualidade aos seus leitores. Para entrar em contato comigo, envie um e-mail para romario@oportaln10.com.br.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo